FRANCHISING: UMA ÓTIMA FORMA DE COMEÇAR UM NEGÓCIO!

2018-12-26T09:48:58+00:0013 Novembro, 2018|

O sistema de franchising, tal como o conhecemos hoje, teve a sua origem em meados do século XIX, nos Estados Unidos, concretamente no ano de 1862, ainda que o conceito de franchising tenha nascido no tempo da Idade Média em França.
Já em 1988 os números disparavam. Meio milhão de estabelecimentos abriam portas, dos mais variados setores de atividade, dando trabalho a 7 milhões de pessoas só no país norte-americano.
Rumo à Europa, nos anos 70, o sistema de franchising começou a desenvolver-se em toda a sua plenitude. Já não bastava um produto para conseguir o acesso ao mercado, fazia falta algo mais: uma qualificação, uma marca, uma embalagem personalizada, um emblema, uma ideia ou um formato inovador e atrativo.
Voltemos ao presente e ao estado do franchising em Portugal. Esta atividade tem dado passos largos em termos de crescimento: em 2017, a atividade de franchising reproduziu 2,84% do Produto Interno Bruto. Este valor representa 129.280 postos de trabalho (o que corresponde a 2,72% do emprego nacional), a operar nas 610 empresas de franchising do país, totalizando um volume de negócios no valor de 5,5 mil milhões de euros. *
As vantagens e benefícios em apostar num negócio integrado numa rede de franchising são inúmeros na ótica do franchisado. Esta é uma excelente forma de abrir um negócio com uma marca já consolidada no mercado, resultando numa ambição vantajosa para quem procura criar um negócio próprio, mesmo que associado a uma marca de franchising.
Na maioria dos casos, um empreendedor independente não dispõe de tempo, nem de conhecimentos técnicos suficientes para analisar os fatores políticos, sociais e económicos que possam afetar o seu negócio. Daí que contar com a experiência e competência do franchisador torna-se fulcral para o empresário conseguir desenvolver o seu negócio, com menor risco financeiro.
Além disso, outra das grandes vantagens em optar por um negócio em regime de franchising advém do facto de uma boa parte do trabalho já estar feito. Ou seja, neste modelo de negócio, os empresários abrem uma empresa sob uma marca cimentada, usufruindo então da vantagem competitiva dos seus produtos e serviços já terem sido testados no mercado. Além disso, ao longo de todo o processo, o franchisador conta com apoio constante em várias vertentes, recebendo formação, orientação e acompanhamento pela empresa detentora da marca que tem todo o interesse em zelar pela mesma. Quanto ao contacto com os fornecedores, o facto de um negócio estar dentro de uma rede de franchising traz benefícios no que concerne ao acesso a contactos e condições comerciais favoráveis ao franchisado. Posto isto, porque não investir no seu gosto pelo mundo dos animais e pelo negócio, e abrir uma loja aumiau?

* fonte: Censo do Franchising 2017, realizado anualmente pelo Grupo IFE – International Faculty for Executives